Notícias

Cadeia coureiro-calçadista promove rodadas virtuais de negócios

Visando promover negócios por meio da conexão entre produtoras de calçados e fornecedores de componentes, couros, máquinas e prestadores de serviços, a Abicalçados, Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq), Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), Instituto Brasileiro do Couro e do Calçado (IBTeC), Instituto By Brasil (IBB), Sebrae/RS e Senai promoveram as Rodadas de Negócios da Cadeia Produtiva do Calçado. Realizadas nos dias 6, 7 e 8 de outubro, as rodadas virtuais aconteceram durante a Semana do Calçado 2020. 

O gestor de Projetos da Abicalçados, Cristian Schlindwein, explica que o objetivo do evento foi de facilitar a conexão entre fornecedores e calçadistas neste momento de restrições aos encontros físicos em função da pandemia do novo coronavírus. “A iniciativa surpreendeu pelo engajamento das empresas, o que mostra que nesse novo modelo de negócios está cada vez mais presente na cultura corporativa”, destacou.

Para o calçadista Fabiano Silveira, coordenador de compras da Piccadilly, a iniciativa foi válida para as empresas, especialmente as que, em função da pandemia, acabaram tendo o quadro reduzido. “Participar de uma agenda desta forma nos permite otimizar o tempo e focar nas nossas necessidades”, disse. Segundo ele, a empresa marcou novos encontros fornecedores para proceder testagens de produtos. “Certamente, alguns negócios irão evoluir”, contou. 

Mateus Barcelos, diretor de Marketing da Zani Barcelos, destacou que a ferramenta veio para ficar. “Esse meio de campo realizado pelas entidades representantes Abicalçados e Assintecal foi muito importante, pois fez o cruzamento das demandas e ofertas do mercado, otimizando tempo e aproximando as empresas”, comentou, ressaltando que foram criadas novas parcerias e que negócios ficaram alinhavados para o futuro. 

Fornecedores
O gerente de Mercado e Marketing da Artecola, Jairo Korndoerfer, ressaltou que as rodadas de negócios digitais otimizaram o tempo de fornecedores e fabricantes de calçados, pois as reuniões foram agendadas por meio de solicitação de interesse dos próprios clientes. “As reuniões também foram objetivas e extremamente produtivas, com agendamentos posteriores para apresentações físicas dos produtos e testagens em produção”, avaliou. 

Caio Cezar Prado, diretor da Inpu, também saudou a iniciativa, que casou necessidades e ofertas das duas partes da cadeia. “Acredito que é uma nova forma de trabalho que veio para ficar e será fundamental para ajudar a acelerar o processo de inclusão digital das empresas”, pontuou. 

Participaram das rodadas digitais as calçadistas Arezzo&Co, Concept Footwear, Conforto Artefatos de Couro, Dok Calçados Infantis, GB Footwear Inc., Giulia Domna, Grendene, GVD International, Indústria de Calçados Gonçalves, Luiza Barcelos Calçados, Marluvas Equipamentos Profissionais, Paqueta Calçados, Pesh, Piccadilly, Sunset Agenciamento e Intermediação, Urban Flowers, Vert Shoes, West Coast, White Lake Equipamentos Profissionais e Zani Barcelos, além de 127 fornecedores de componentes, couros, máquinas, atelieres e institutos.