Notícias

Embaixadores do Brazilian Footwear reunidos

A sede da Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS, foi palco para a realização da primeira reunião do grupo de embaixadores do Brazilian Footwear do convênio biênio 2022/2024. O encontro, ocorrido no último dia 26 de maio, realizou uma prestação de contas do fechamento do convênio 2019/2021, bem como das ações já realizadas no primeiro semestre, traçou as próximas iniciativas e destacou o potencial das exportações brasileiras de calçados em 2022. 

Na oportunidade, a gestora de Projetos da Abicalçados, Letícia Sperb Masselli, destacou que as expectativas positivas para o setor calçadista brasileiro passam pelo incremento das exportações. Conforme projeções da Inteligência de Mercado da entidade, a produção calçadista deve crescer entre 1,8% e 2,7% em 2022 - no comparativo com o ano passado - , para mais de 800 milhões de pares. Já as exportações devem ter um incremento entre 8% e 10%, para mais de 135 milhões de pares. Segundo a gestora, existe um potencial de crescimento no mercado internacional, sendo o Brazilian Footwear um fomentador das exportações, por meio do apoio a ações de promoção comercial e de imagem no exterior. “As ações já concluídas do Brazilian Footwear, em 2022, somam mais de US$ 30 milhões em negócios realizados e alinhavados nos eventos”, conta. 

Exportação como estratégia
Durante o encontro, Letícia frisou que as exportações de calçados brasileiros respondem por uma fatia de 15% da produção nacional e que existe espaço para expansão. “Porém, é preciso criar uma cultura exportadora, tornar a exportação uma estratégia da empresa e não apenas um negócio ocasional. O Brazilian Footwear tem a missão de auxiliar as empresas nesse desafio”, avalia, ressaltando que, atualmente, as empresas associadas ao Programa respondem por quase 80% do total gerado pelos embarques de calçados brasileiros. 

Na sequência do encontro, os representantes das empresas avaliaram seus principais desafios, sendo que foram citados o fortalecimento do posicionamento do Brasil como um relevante parceiro de negócios, o reconhecimento de marca e o entendimento dos diferentes mercados, a inovação, a união entre as empresas, a criação de uma cultura exportadora, entre outros. 

O grupo
O grupo dos Embaixadores do Brazilian Footwear é formado por profissionais gestores de exportação e marketing de empresas associadas ao projeto. São realizadas reuniões semestrais com o objetivo de entender, debater e avaliar as estratégias e ações no âmbito do Brazilian Footwear. “O objetivo é o desenvolvimento da indústria calçadista brasileira por meio do incremento das exportações do setor, promovendo oportunidades de negócios e a competitividade", explica Letícia. 

A gestora de Projetos da ApexBrasil, Mariele Laís Christ, que junto com o assistente de Projetos João Urbanski participou do encontro, destaca que o grupo é um instrumento de governança do projeto que a agência federal mantém em parceria com a Abicalçados. “A reunião de embaixadores marcou o início de um ciclo do convênio recentemente renovado para mais um biênio e foi ainda mais especial, pois após mais de dois anos realizando as reuniões de forma on-line, devido à pandemia, finalmente tivemos a oportunidade de reunir o grupo presencialmente, momento em que a troca e relacionamento são fortalecidos”, avalia a gestora, ressaltando que as reuniões são de suma importância para o trabalho em conjunto e em sinergia entre as empresas do projeto e a ApexBrasil. 

Fazem parte do grupo as empresas A Mafalda (São Paulo/SP), Adrun (Birigui/SP), Batatinha (Nova Serrana/MG), Bebecê (Três Coroas/RS), Beira Rio (Novo Hamburgo/RS), Bibi (Parobé/RS), Democrata (Franca/SP), Di Valentini (São João Batista/SC), DOK (Birigui/SP), GB Footwear (Franca/SP), Marluvas (Dores de Campos/MG), Penalty (Bayeux/PB), Petite Jolie (Tauá/CE) e Vozsi (Avaré/SP).

Saiba mais sobre o Brazilian Footwear no site www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear