Notícias

Feira calçadista norte-americana gera US$ 620 mil

A retomada dos eventos físicos no mercado norte-americano vem trazendo bons resultados para as calçadistas brasileiras. Entre os dias 19 e 21 de setembro, a MAGIC NY, em Nova Iorque, deve gerar mais de US$ 620 mil entre negócios efetivados e alinhavados na mostra. A participação de três marcas verde-amarelas foi viabilizada pelo Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). 

A analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Ruisa Scheffel, comemora a consolidação da retomada dos eventos físicos em um dos maiores mercados do mundo, que consumiu 1,7 bilhão de pares de calçados no ano passado. Para o Brasil, é o maior mercado internacional e está em crescimento em 2021. Após ter sofrido muito durante a pandemia do novo coronavírus, os Estados Unidos voltaram com apetite ao mercado. Entre janeiro e agosto deste ano, os norte-americanos importaram 9 milhões de pares verde-amarelos, que geraram US$ 133 milhões, expressivos incrementos de 55% em volume e de 40% em receita na relação com igual período do ano passado. “Além da questão do reconhecimento do calçado brasileiro, em atributos de qualidade, o preço do nosso produto também está mais competitivo
 em função do câmbio atual”, avalia. 

Expectativas superadas
Conforme relatório da Abicalçados, na MAGIC NY foram realizados quase 200 contatos com compradores de redes norte-americanas. “As marcas reportaram negócios acima do esperado. O mercado norte-americano está retomando com força e animando a indústria brasileira”, comemora.  

Patrícia Pimentel, representante da Ferrucci nos Estados Unidos, destaca que foram gerados contatos relevantes no evento, com destaque para a abertura de negociações com três grandes redes de lojas norte-americanas. “Não foi uma grande feira em termos de estrutura, o que acabou sendo positivo para a visibilidade das marcas brasileiras. Além disso, a visitação, embora não tão expressiva, estava mais focada em negócios. Quem veio, não veio a passeio, veio para comprar”, avalia. 

A representante da Carrano nos Estados Unidos, Nilsara Piereck, avalia que existe um crescimento do mercado norte-americano para calçados, o que vem se refletindo nas feiras locais. “Temos notado uma procura cada vez maior por produtos que aliam moda e qualidade,  com os quais os brasileiros se destacam”, comenta. 

Além da Ferrucci e da Carrano, participaram da mostra, com o apoio do Brazilian Footwear, a marca Schutz. 




Sobre o Brazilian Footwear:
Brazilian Footwear é um programa de incentivo às exportações desenvolvido pela Abicalçados em parceria com a Apex-Brasil. Este programa tem por objetivo aumentar as exportações de marcas brasileiras de calçados através de ações de desenvolvimento, promoção comercial e de imagem voltadas ao mercado internacional. Conheça: www.brazilianfootwear.com.br | www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear.

Sobre a Apex-Brasil:
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras  plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. Conheça: www.apexbrasil.com.br.