Notícias

Retomada pós-Covid é tema de debate internacional

A retomada do mercado mundial de calçados pós-Covid foi tema de uma live talk realizada no último dia 22 de julho com lideranças internacionais do setor. O evento, promovido pela Expo Riva Schuh, contou com a participação das associações setoriais Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados), Appicaps (associação de calçadistas de Portugal), ACLE (conselho de exportadores de couros da Índia), CLIA (associação de curtumes da China), e das empresas Gold Star/Valleverde (Itália), Bata (Europa) e Sabu (Alemanha).

Na oportunidade, a gestora do Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Abicalçados em parceria com Apex-Brasil, Letícia Sperb Masselli, destacou que o impacto maior da pandemia se deu no mercado interno brasileiro, que absorve mais de 85% da produção nacional. Segundo ela, a produção caiu 30% no primeiro semestre, queda que deve ser arrefecida no segundo semestre devido à retomada gradual dos pedidos. 

A gestora comentou, ainda, que o Brasil nunca entrou em lockdown completo e que portanto as indústrias seguiram trabalhando, com capacidade reduzida pela queda nos pedidos e por medidas de segurança sanitária. “A indústria calçadista brasileira está preparada para receber pedidos e possui alta capacidade de atendimento neste momento em que grandes marcas internacionais buscam alternativas de fornecimento”, disse, destacando que essa a cadeia está mais unida e isso reflete também em preço mais competitivo, segurança e agilidade nas entregas internacionais. 

Sustentabilidade
Uma das tendências do mercado pós-Covid é a Sustentabilidade, especialmente diante de um consumidor cada vez mais consciente e exigente. Neste contexto, Letícia destacou que a indústria brasileira vem trabalhando com o programa Origem Sustentável, que promove o conceito em todo o processo produtivo, desde a matéria-prima até o calçado pronto, não somente no aspecto ecológico, mas social, econômico e cultural. 

Digitalização
Em um contexto de pandemia, Letícia comentou que a indústria calçadista vem respondendo rapidamente à digitalização do mercado, tanto no ambiente doméstico quanto internacional, com destaque para a plataforma BrazilianFootwear.com, que coloca marcas brasileiras em contato com compradores internacionais, diminuindo a distância física a poucos cliques. “As empresas vêm realizando adaptações e qualificando seus times para esse mercado. É um processo que foi impulsionado ainda mais durante a pandemia do novo coronavírus”, concluiu. 

Expo Riva Schuh
Uma das maiores feiras internacionais do setor calçadista, reconhecida pela comercialização de grandes volume para os principais mercados do mundo, a Expo Riva Schuh ocorre duas vezes por ano, em Riva del Garda, na Itália. Empresas brasileiras, apoiadas pelo Brazilian Footwear, participam do evento. 

Para assistir o vídeo (em inglês) completo acesse https://exporivaschuh.it/en/video-covid-storm